quarta-feira, agosto 19

A gente se acostuma com tudo!

Meu pai contava uma estória, que era mais ou menos assim...

Dois boiadeiros iam iniciar uma viagem pra levar uma boiada, e estavam discutindo sobre se acostumar com as coisa, e o mais velho dizia para o mais novo, que nós, nos acostumamos com tudo nessa vida! E o mais novo dizia que não!

Então o mais velho, pegou o chapéu do mais novo,e passou estrume de cavalo na borda toda do chapéu, do lado de cima, para que o dono do chapéu não visse! Então o boiadeiro mais novo, colocou o seu chapéu cheio de estrume e eles iniciaram a viagem.

Logo que saíram o mais novo começou a reclamar do mau cheiro que estava sentindo, e o mais velho dizia que não estava sentindo nada!
De pouco em pouco tempo, o mais novo dizia que não estava aguentando o cheiro de estrume, que estava forte, que não entendia de onde estava vindo.... e o mais velho continuava dizendo que não estava sentindo nada!

A viagem durou o dia inteiro, e quando estava chegando ao destino, o mais velho se deu conta de que o mais novo a tempos não tinha mais reclamado, e perguntou pra ele...

- E o cheiro de estrume?

O mais novo respondeu...

- Passou, devia ser alguma coisa na estrada mesmo!

Ou seja.... a gente se acostuma com tudo nessa vida, até com cheiro de merda!

Mas eu iniciei o post com isso para falar sobre outra coisa.... Meu marido se desligou de um dos dois empregos dele... e quem nos conhece sabe que ele tem dois empregos, e trabalha 12horas a noite... e por isso, ele dorme em casa 2 vezes por mês! Como ele se desligou de um dos empregos, agora ele está em casa dia sim.... dia não....

E eu estava me lembrando, a exatos dois anos atrás, quando ele me disse que ia trabalhar a noite... Eu quase morri! Porque nós temos, ou tinhamos... um jeito de dormir... É de conchinha, mas não muito conchinha, é um jeito estranho de encaixar, um jeito que a gente encaixa perfeitamente, e nem um conseguia dormir sem estar encaixado com o outro... E me lembro como se fosse ontem, minha primeira noite naquela cama sozinha!
Bom eu rolei pra caramba, procurando encaixar no colchão.... não consegui... abracei o travesseiro,e nada.... vesti a camiseta de dormir do meu marido no travesseiro, e acabei quase de manha conseguindo pegar no sono abraçada com o travesseiro disfarçado de Douglas...
Foram noites e noites horríveis, até eu me acostumar a ter a cama só pra mim!

Agora.... ontemmmmmm....

A gente encaixou pra dormir, mas quem disse que eu dormia... hahahaha Nossa tava um calor do cão, ele dormiu rapidinho, e eu desencaixei e procurei um pedaço sussa do colchão pra dormir esticadaa... como agora eu durmo.... E quem disse que eu conseguia pegar no sono... Martins tava inspirado pra roncar...kkkk E eu não conseguia dormir... Quando pegava no sono, um RONCK me acordava...kkkk

E depois disso eu fiquei pensando como essa estória que meu pai contava é mesmo verdadeira ... A gente acostuma com tudo nessa vida... De bom, de ruim... Com tudo! Agora tenho que acostumar a encaixar de novo, porque pelo jeito marido cansou de trabalhar a noite....rs

E por falar em estória.... a pergunta da semana ja está disponivel no blog da fabi hem galera... E lá vamos nós ....

5 comentários:

Irmãs disse...

É fia ... mas tudo vai dar certo, n esquenta a cabeça. Quanto a dormir junto, e o Fabio que ultimamente tem roncado muito ... eu to ficando louuuuucaaaaa!

Beijos!

Sah

Mari disse...

Ah, não gosto dessas coisas de acostumar. Tinha uma professora que dizia para nunca se acostumar as coisas, pois você deixaria de abrir a janela e ver o sol. E eu concordo!

Fabi disse...

Ai Mel....
Eu ri!!

o Ronck, ronck aqui agora deu pra aparecer tb, mas eu logo dou uma pézada e pronto..

A gente acostuma mesmo, com tudo...

A filha única disse...

É verdade, a gente se acostuma com tudo mesmo!
E ah, você vai se acostumar de novo rapidinho a dormir abraçadinha, HAHA ;)

disse...

Odeio dormir abraçada! Tenho calor demais, não gosto de ninguem me alisando pq eu perco o foco do negocio rsrs. Afinal deixa pra alisar qdo tiver finalidade, não pra fazer de besteiras, ai eu não consigo dormir.