quinta-feira, outubro 1

Vida acadêmica....


Hoje eu fui a escola do Luigi, tentar convencer a diretora a não expulsar o bonitão da escola... E enquanto esperava a diretora... eu fiquei pensando.. pensando na vida acadêmica dos meus filhos! Na verdade do Vi e do Luigi, afinal o Enzo ainda está no... Ele não para mãe!?!?! rsrsrs

Mas como é de praxe nos meus posts, pra falar sobre o que eu realmente quero falar, eu preciso fazer um mini flashback... rsrsrsrs Então a volta será pra minha própria vida acadêmica.... Bom eu morei anos a fio na Bela Vista, e estudava no Rodrigues Alves... na Av. Paulista... Estudei lá da terceira a oitava série..... Enquanto eu fazia o primário, minha mãe buscava, levava, tudo , como criança que eu era... Mas quando eu fui pro ginásio... Eu acordava sozinha, era sozinha mesmo.... ninguém me chamava... pra entrar na escola as 7 da amanhã... então eu tomava banho, me arrumava e ia.... quando eu chegava no Rodrigues eu ligava pra minha mãe pra dizer que tinha chegado bem! E eu chegava na hora, eu entrava na aula, eu estudava.... Eu tinha orgulho dos meus cadernos serem completos e lindos... de nunca.. NUNCA tirar uma única nota vermelha... de fechar as médias no terceiro bimestre.... Quarto bimestre pra mim era sempre diversão... porque no terceiro, eu já tinha passado de ano!
Ai vocês podem pensar... Nossa, então ela foi uma CDF chata, nem curtiu, não se divertiu nada na escola.... NEGATIVO.... Eu sempre sentei no fundão, falei mais que a boca, aprontava de vez em quando... mas eu prestava atenção na aula, e eu estudava.... e eu fazia a minha parte! Eu não tenho uma única lembrança na minha vida da minha mãe ter dito pra mim...

-Você não vai estudar pra prova?

ou

-Você não vai fazer o trabalho?

Quando tinha prova, ela chegava do serviço e eu já tava com os questionários decorados esperando ela chegar pra pedir pra ela tomar fora da ordem, porque eu decorava de uma forma, que eu podia até dizer qual era a ordem correta! E trabalho, eu só dizia.... Mãe, amanhã vou ao centro cultural, tenho trabalho.... Meu.... foi assim.... Agora....

Luigi Mascari.... Luigi começou a mostrar a que veio na vida acadêmica dele na primeira série.... Ele esquecia (de propósito) os cadernos embaixo da carteira pra não ter que fazer as lições de casa... isso na primeira série.... Dai pra frente, foi só morro a baixo... ele não QUER nada com nada... não copia nada, não estuda, não faz trabalho, nem sabe quando tem prova, fez uma redação cujo titulo foi ¨A TUALHA¨ e uma vez brincando de ditado com ele e com a Lais, eu meu filho, cursando a sexta série escrever ¨MAÇAN¨. Agora a vagabundisse dele na escola chegou a um ponto que a diretora pegou o bonito fumando no banheiro... e como já estava com o saco mais que cheio do cidadão vagal, quis expulsa-lo.... Depois de muita argumentação, e ajuda do meu anjo da guarda que fez uma pesquisa pra mim no estatuto dos direitos da criança e do adolescente, eu consegui mais uma chance... E espero conseguir algum tipo de melhora do meu querido filho...

Victor Mascari... Victor se esforça... mas é durooooo de prestar atenção e assimilar as coisas! O contrario do outro vagal ai de cima que não faz nada, e ainda consegue ter notas! Eu passei o final de semana passado todo, e segunda feira de manhã, estudando multiplicação com o Victor, porque ele ia ter prova... Confesso, que tive muita vontade de bater com a cabeça na parede, porque ele simplesmente não entendia o processo.... depois de dois dias intensivos de estudo, ele entendeu... ufa.... segunda feira de manhã ele tava fazendo as continhas que era uma beleza... mas a ANTA da mãe dele, ficou nas continhas com dezenas, porque achei que era o que ia cair... e não foi que a professora, fez a prova toda com de continhas com centenas.... ai.... como dizia meu pai.... mudou a cor da grama, burro morre de fome... Victor tirou zero na prova, errou tudo... Mas porque não pensa gente fala sério... uma que a professora tinha dado em classe continha com centena.... então teoricamente, ele tinha que saber já... mas não sabia, eu ensinei.... agora era só continuar o raciocínio com mais 1 número, era a messsssma coisa, não precisava nem pensar muito... mas não.... eu com sorriso de orelha a orelha fui buscar ele depois da prova, toda orgulhosa, achando que ele ia ter tirado um 10 com louvor... Zero...

E ainda tem o Enzo por vir....rsrsrs

Espero que pelo menos um vire jogador de futebol, fique rico e me dê uma Tucson de presente de dia das mães...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

6 comentários:

Flávia Romanelli disse...

Caraca Mel, fumando no banheiro? Merece umas bifas rsrs Qtos anos ele tem? O Enrico vai bem na escola, mas tenho um medo da adolescência...

PS: Está faltando um c no seu título

Jamylle Carvalho disse...

Querida vim aqui pra lhe convidar à participar do BLOGUEANDO.
Um blog onde vc pode expor seu ponto de vista e seus textos ainda podem ser escolhidos!
O blog vai ao ar oficialmente na segunda-feira (05/10), mas vc já pode ter uma noção do que é e como funciona o blogueando pelo link
http://blogueandoaqui.blogspot.com ou pela comunidade oficial
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=94711361
E ainda pode nos seguir pelo twitter, todas as novidades serão postadas lá tbm
http://twitter.com/blogueando_ofic

Participa lá ... Vai ser muito divertido!
Abraço :*

MeL disse...

o valeu flavinha, incrivel como a gente n vê né... hahahahah É, a dolescência é muito turbulenta... Luigi vai fazer 15 agora em janeiro, mas passa por 18 fácil... é muito grande! Ele até mente pras meninas q tem 18 e elas acreditam...

Mylene Leme disse...

NOssa!! Eu ainda não estou preparada psicologicamente para ser mãe de um adolescente..

Boa sorte pra você

Flavia D'Álima disse...

Os meninos dão mais trabalho, meu irmão não sei como ele aprendeu a ler, mas aprendeu direitinho e hoje em dia tem até letra bonita, entes era ilegível. Sabe quando ele se achou na vida escolar? Quando descobriu que era bom com desenhos, ele desenha hiper bem, aí acabou melhorando na escola. Tudo bem que na adolescência até pichação rolou mas o que o salvou na escola foi esse lado mais "artístico".

Sofia Ramos! disse...

Saudades..