terça-feira, maio 17

A saga da viagem.

Desculpem a demora para postar novamente, mas depois de um fim de semana divino, onde larguei  o trabalho em plena Quinta Feira e ainda por cima faltar na Sexta, era de se esperar que na Segunda minha vida estivesse de cabeça pra baixo.
   Mas enfim,  como a maioria já sabe,  há um bom tempo eu e a Melissa estávamos arquitetando minha ida para São Paulo, e felizmente, tive a oportunidade de ir até a metade do caminho a trabalho, e é claro que eu não iria deixar passar esta maravilhosa oportunidade.
   A saga dessa viagem começou na última quinta-feira onde resolvi antecipar meus planos que era de subir na sexta-feira após o trabalho com a intenção de chegar por volta das 19:00hs. Até então, era o que a Melissa sabia. Mas enquanto eu trabalhava sempre me vinha a mente que logo logo eu estaria pegando a estrada para São Paulo e nesse momento eu sentia uma enorme geleira no estômago, numa mistura de ansiedade e nervosismo.
   Antes da viagem, eu e a Melissa planejamos tudo, de Paraty até São Paulo e na quinta-feira, após um dia angustiante de trabalho, resolvi dar uma de louco e largar tudo. Após parar num posto pra abastecer, fui pegar uma informação sobre o caminho que  havíamos planejado e a notícia que o frentista me deu simplesmente foi  um balde de água fria. O caminho estava interditado
   Não acreditei.  Liguei pra Melissa e assim como eu, ela ficou arrasada, sem acreditar. Só que nesse momento, passou pela cabeça dela uma coisa que não passou nem perto da minha. Que eu iria desistir (mas nem que eu tivesse que ir até o Rio de novo para subir pela Dutra eu iria desistir), mas como diz um ditado: “ Obstáculos são aquelas coisas enormes que vemos quando tiramos os olhos do nosso objetivo”. Já estava decidido, eu iria cair de para-quedas em São Paulo mesmo que estivesse chovendo canivete, rsrssrsrs.
   Bom, nesse momento, o irmão dela passou uma dica muito valiosa, tinha um outro caminho que eu poderia fazer que eu sairia em Taubaté, dali eu daria meu jeito de chegar. Mas o irmão dela só esqueceu de me dizer um detalhe muito importante, que eu precisaria de um alpinista e não um carro... Puta merda, que serra do kct. Nem preciso dizer que o coitado do meu carro pediu arrêgo bem no meio da subida e com um detalhe muito importante, não havia acostamento onde o carro resolveu ferver. kkkkkk.
    Não me apavorei, parei o carro e deixei ele esfriar, sendo que a noite chegou logo em seguida e fiquei num breu da porra num lugar que não passava nenhuma alma viva, rsrsrsrs... Mas depois desse sufoco, o meu caidinho resolveu seguir viagem e conseguiu subir aquele pico do Everest (rsrsrs).
    Depois de tudo isso e de andar por uma estrada onde só havia mato em todos os lados e nenhuma iluminação, consegui chegar em Taubaté e aí começou a surpresa que resolvi fazer pra ela. Consegui chegar na tal da Rodovia Carvalho Pinto e fui todo o trajeto falando com ela por telefone tentando colher informações sem deixar ela perceber nada.
    Quando ela me disse que iria fazer as unhas eu pensei... “ coitada, mal sabe ela que vou borrar tudo, vou chegar antes dela terminar, rsrsrs” Eu havia saído de Paraty por volta das 16:00 da tarde e cheguei na casa dela eram 21:30hs moído, cansado, mas com uma tremedeira nas pernas e uma geleira no estômago que nem sei explicar o que senti quando cheguei na porta do condomínio, e ela teve que ir pra liberar minha entrada com as mãos tremendo e as unhas ainda sujas nos cantos, rsrssr.
   Depois disso tudo, foi maravilhoso e inesquecível a forma que fui recebido e tratado, Tive um final de semana maravilhoso onde tudo que imaginei acontecer, foi 10 vezes melhor. Tive todas as expectativas desse encontro superadas e a hora de ir embora foi a mais complicada de todas. Como deixar pra trás mesmo que por pouco tempo, uma pessoa tão especial como ela? Como ficar sem sentir os beijos maravilhosos dela? Como não sentir os abraços e os carinhos deliciosos dela? Como não ouvir pessoalmente a voz dela? Como não sentir a presença dela?
   Bem, ao sair do condomínio pensando nisso, tive que me segurar enormemente para não ter que voltar tudo e esquecer que uma nova semana estava começando mas também não podia deixar de pensar que uma nova fase da minha vida estava começando naquele momento. Um fim de semana que mudou meus pensamentos.
   Minha linda, definitivamente... Tudo mudou depois desse fim de semana.




12 comentários:

Carol Campos disse...

Meu deussssss....que declaraçãoo...
Lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.....
Aiii...que fofo....
Parabéns amigaaa...

bjinhosssssss

Fabi Coltri disse...

Oi Marcos!!

Gosto tanto da Mel.
Nós conhecemos grávida de nossas crias caçulas. Nunca nos vemos pessoalmente, mas tenho uma carinho enorme por ela como se ela fosse parte dos meus amigos se sempre, de todos os dias!!

Cuida bem dela, viu?
Ela merece.

E meu, que saga?!
O bom é que valeu a pena.

Bjãoo

Marcos disse...

E como valeu... Nem que eu tivesse que roubar um jegue no meio do caminho pra chegar, mas eu ia, kkkkk.

MeL disse...

kkkkkkkkkk, roubar um jegue paixão? kkkkkkkkk

Só dá pra assinar em baixo... e dizer que foi perfeito.. Mas a resposta vem no próximo post... Te adoro!

★$ Naиđ♂ N£яi $★ disse...

Que aventura. Gostei!

Mel Mudanca disse...

Mel, minha amigaaaaa tô toda arrepiada...meu Deus que declaração linda...que homem é esse..heheh..te gruda viu...pois esta forma deve ter poucas disponiveis..hehe..mas é serio. o cara tem uma pureza..um sentimento...é amor simmmmm....que bom amiga...desejo tudo de bom que possa existir..e espero que um casamento role viu..e quero convite...vou com certeza...beijaoooo

Sah disse...

A única coisa que você não sabia "Cunha" Marcos, é que eu tava com ela no tel um pouco antes de você chegar e todo carro que parava a bichinha falava, ai, é ele! kkkkkkkkkkkkkkk - Entregando Miliça parte 58456223662

Como conversamos, eu e Miliça temos um longo histórico né - brigas, juras de amor e amizade, mais brigas, ameaça de processo e por ai vai, mas o amor que eu sinto por essa garota é grande, muito grande, portanto, cuida bem da minha Irmã senão você já sabe né ... kkkkkkkkkkkk. Melzinha merece e muito ser feliz e acho que agora ( é, ela sempre demora um pouco pra acertar ) ela encontrou um cara bacana de verdade! Que vocês sejam muito, muito felizes!

Beijão e da próxima vez que vier conversaremos ao vivo, já estamos combinando!

Sah

Mel Mudanca disse...

Mel!!!! Como dizemos aqui, 33 anos...vc ta uma guria ! e falo de verdade...vc ta jovem demais...jovem de imagem...pelo que vejo nas fotos, e o mais importante, jovem de espirito..vc ezala simpatia..gentileza...amor... com certeza vc merece isso que ta acontecendo...nao pense nunca que nao...somente agradece ao Pai la de cima...pois vc merece...tudo que vc passa de energia positiva..só esta voltando para vc amiga... que bom ter conhecido vc viu... to ai..quando precisar da um grito..hehe..beijaoo e dorme bem..muito bem...heheheh

Fefa, disse...

Ontem a noite quando entrei nos blogs, não comentei no seu, pq tinha que parar pra ler, ao invés de dizer "oi amiga, boa semana'.
Então hoje pela manhã, eu vim pra parar e ler a história e só assim poder escrever! Valeu a pena. Isso mostra o que o amor é capaz de mover dentro da gente, e como isso se externaliza de tal forma que perdemos completamente a noção de limite e vamos além...aí é que reside a felicidade.
Parabéns aos dois!
ps: e a unha? rs.....
bjo!!!!

MeL disse...

hhahaah ai Fe... depois fui acabar de limpar, mas a tremedeira era tanta que quase estraguei tudo...kkkkk

Feliz... é exatamente assim que eu etou.. x]

Tatinha disse...

ainnn ainnnn ainnnnnnnnnn
amigaaaaa ta saindo mellll do blog..uhauahuah
gente.. ó.. so desejo felicidadeee aos dois.. pq vc merece!!!!

E marcos... essa menina vale ouroooo..cuida!!!
bjsss aos pombinhosss

Anônimo disse...

Pretendo cuidar tanto, que ta arriscado ela me colocar pra correr de tanto que vou cuidar, rsrsrsrs.